terça-feira, outubro 23, 2007

As relações entre as espécies ... Sorte, ou a falta dela.

Coiotis Famintus

Sempre torci pelo papaléguas, juro, mas as vezes eu sentia pena do pobre coiote. Sério, olhem a cara do desventurado, o pior é que ele é até inteligente, cada plano mais milaborante pra pegar o papaléguas, o problema é que ele não tem nem um pinguinho de sorte. Mesmo quando tudo está perfeitamente planejado, arquitetado e medido, alguma coisa sai errado e ele se dá mal.
Até o nome dele que aparece na legenda dá dó: Coiotis Famintus, o papaléguas é Spidimus Maximus, lógico que isso é uma brincadeira da Worner com os nomes científicos dos animais, mas mostra bem que o pobre coiote passa fome.
Foram produzidos milhares de episódios do Papaléguas, não sei quantos ao certo, e sabem quantas vezes ele pegou a superveloz ave? Tentem adivinhar ...
Nem uma única vez, ele nem chegou perto, não é pra ter pena?, mas ai lembrei que é um desenho, e como tal seria sempre impossível que ele pegasse o papaléguas, o astro do desenho, e minha mãe me disse, quando demonstrei a preocupação diante da fome do coiote, que ele só não comia o papaléguas e que o desenho só mostrava ele tentando pegar o papaléguas, mas que provavelmente ele comia uns carneirinhos de vez em quando só que não aparecia na tv ...
Ai comecei a ficar preocupado com os carneirinhos....

Um comentário:

Vivi disse...

Hehehe, tadinhos dos carneirinhos, né?

Gostei do post.

Beijo, Jr.