segunda-feira, agosto 22, 2011

Lanterna Verde

Para quem não sabe, meu herói favorito é o Lanterna Verde; todo mundo sempre gostou do Batman, do Super-Homem, do Capitão América, só eu do Lanterna; eu sempre gostei dele por dois motivos:

1 Um lanterna Verde não pode ter medo.

2 Por Causa do Juramento que ele deve fazer:

No dia mais claro, na noite mais densa
O mal sucumbirá ante a minha presença
Todo aquele que venera o mal há de temer
A luz do Lanterna Verde e o seu poder!

Imaginem se eu não surtei quando soube que iam fazer um filme, do Batman, do Super-Homem existem muitos, mas do Lanterna Verde esse foi o primeiro; eu fui assisti ao filme no dia 20, embora tenha gostado muito, fiquei triste de saber que muita gente criticou o filme. Mas vale a pena ver, para conhecer esse herói que é, como ele mesmo diz no filme, só humano.

quarta-feira, agosto 03, 2011

Eternamente responsável

Lembra-te apenas disso - disse a raposa.
Tu te tornas eternamente responsável por aquele que cativas.
(Antoine de Saint-Exupéry)

Atualmente a coisa mais difícil de se encontrar é uma pessoa que seja realmente responsável pelos seus filhos. Cada vez mais pais de alunos, ao invés de assumir a responsabilidade pelo mau comportamento do filho, justificam-no.
Antes de entrar em férias, uma mãe veio até a escola perguntar até que dia iriam as aulas, respondi que até sexta-feira dia 08/06 e ela disse:
-Ainda bem! Porque quando ele fica em casa eu não consigo ver televisão! Ele não deixa! Não para de Falar!
O curioso é que ela espera que os professores ensinem ao filho dela o que é respeito, ou quando ele deve ficar em silêncio, etc. É como eu sempre digo, a educação familiar foi terceirizada para a escola, ou seja, ficou a cargo da escola ensinar coisas que vem do berço. Estou farto desse tipo de pai que acha que o filho pode tudo, ou que é mau compreendido. Tratam como reis em casa e esperam que os professores deem conta de, além de suas disciplinas, ensinar o que deveria vir de casa.
Limites são importantes, uma criança sem limites em casa, jamais respeitará o professor, a não ser que seja à base do Terror, ou seja, ameaçando reprovar ou tirar pontos da nota; coisa que, aliás, sou contra. Estamos numa época em que as crianças podem tudo, os pais não mandam nada, os professores (segundo o governo) são despreparados.
Pergunto: - O que será do nosso país, se cada vez mais é valorizado aquele que, sem mérito, ganha dinheiro, muitas vezes de forma ilegal? Se basta ter uma "Bunda" bonita e sair na capa da revista para ganhar milhões? Se basta aparecer em um reality show para ser famoso? Como pode esse país ser levado a sério se ninguém leva a sério a educação?
Todos devemos aprender a lição que a raposa ensinou ao Pequeno Príncipe, que ao cativarmos alguém, somos responsáveis por ele, isso se aplica à política, aos pais, em fim, a todos; pois um politico é responsável pelas pessoas que votaram nele, os pais por seu filhos, e todos pelo país que queremos ter.

"Responsabilidade: um fardo descartável e facilmente transferido para os ombros de Deus, do Destino, da Sina, da Sorte, ou do nosso vizinho. Nos tempos da astrologia, era comum descarregá-lo para cima de uma estrela."
(Ambrose Bierce)

O Brasil só não cai no buraco, pois o buraco é obra de algum político corrupto e nunca foi terminado.

video