quarta-feira, agosto 03, 2011

Eternamente responsável

Lembra-te apenas disso - disse a raposa.
Tu te tornas eternamente responsável por aquele que cativas.
(Antoine de Saint-Exupéry)

Atualmente a coisa mais difícil de se encontrar é uma pessoa que seja realmente responsável pelos seus filhos. Cada vez mais pais de alunos, ao invés de assumir a responsabilidade pelo mau comportamento do filho, justificam-no.
Antes de entrar em férias, uma mãe veio até a escola perguntar até que dia iriam as aulas, respondi que até sexta-feira dia 08/06 e ela disse:
-Ainda bem! Porque quando ele fica em casa eu não consigo ver televisão! Ele não deixa! Não para de Falar!
O curioso é que ela espera que os professores ensinem ao filho dela o que é respeito, ou quando ele deve ficar em silêncio, etc. É como eu sempre digo, a educação familiar foi terceirizada para a escola, ou seja, ficou a cargo da escola ensinar coisas que vem do berço. Estou farto desse tipo de pai que acha que o filho pode tudo, ou que é mau compreendido. Tratam como reis em casa e esperam que os professores deem conta de, além de suas disciplinas, ensinar o que deveria vir de casa.
Limites são importantes, uma criança sem limites em casa, jamais respeitará o professor, a não ser que seja à base do Terror, ou seja, ameaçando reprovar ou tirar pontos da nota; coisa que, aliás, sou contra. Estamos numa época em que as crianças podem tudo, os pais não mandam nada, os professores (segundo o governo) são despreparados.
Pergunto: - O que será do nosso país, se cada vez mais é valorizado aquele que, sem mérito, ganha dinheiro, muitas vezes de forma ilegal? Se basta ter uma "Bunda" bonita e sair na capa da revista para ganhar milhões? Se basta aparecer em um reality show para ser famoso? Como pode esse país ser levado a sério se ninguém leva a sério a educação?
Todos devemos aprender a lição que a raposa ensinou ao Pequeno Príncipe, que ao cativarmos alguém, somos responsáveis por ele, isso se aplica à política, aos pais, em fim, a todos; pois um politico é responsável pelas pessoas que votaram nele, os pais por seu filhos, e todos pelo país que queremos ter.

"Responsabilidade: um fardo descartável e facilmente transferido para os ombros de Deus, do Destino, da Sina, da Sorte, ou do nosso vizinho. Nos tempos da astrologia, era comum descarregá-lo para cima de uma estrela."
(Ambrose Bierce)

O Brasil só não cai no buraco, pois o buraco é obra de algum político corrupto e nunca foi terminado.

5 comentários:

Micael Gallo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Micael Gallo disse...

gostei da ultima sentença!!!!!!
isso tudo q disse é verdade mesmo
e eu sou da seguinte opiniao:
esperar que os homens mudem alguma coisa no Brasil, no mundo, é ser mais ingenuo que uma criança, pois a Biblia ja dizia a mais de 2 mil anos:

"Homem tem dominio sobre outro homem pra sua desgraça" Ecl. 8:9

" Não é do homem o seu caminho, não é do homem que caminha dirigir os seus passos " Jer. 10:23

Bem, é o que eu penso!
é em vão areditar ainda nessa sociedade!

Regivaldo disse...

Muito bom Leci, gostei muito do texto e o que diz está coberto de razão!
Abaixo os pais que acham que a escola deve educá-los, ensinar coisas que vem do berço!

Voxifera disse...

Júnior,

Realmente, existem pais que pessam que é na escola que seus filhos aprenderão bons modos, como conversar com os outros, como tratar os outros. Mas se esquecem que esse tipo de educação vem de casa. A educação aplicada na escola tem relação com conhecimentos e criação de pensamentos.
Pais deviam dar mais atenção ao futuro de seu filho para que amanhã ou depois não se arrependam ao vê-lo atrás das grades ou até mesmo morto por bobagem.

Vox

Rubens disse...

Muito bom Jr. Conheço muitas professoras de Araraquara que acham que é só aqui que isso acontece. Esse é um problema nacional.